Que ração dar a um cão com excesso de peso?

Ana Camponês 14 Jan, 2020

O excesso de peso afeta alguns cães e pode desencadear diversos problemas de saúde. É essencial que a alimentação de cada animal seja adequada, para evitar o excesso de peso, especialmente se tem conhecimento que a raça do seu cão é propensa à obesidade. Quando o cão já tem excesso de peso, é essencial tomar medidas para poder proporcionar a melhor qualidade de vida possível ao patudo.

Há determinados cães mais propensos à obesidade, dependendo isso do metabolismo de cada animal. Se acha que o seu cão está com peso superior ao que seria normal para as características dele, é aconselhável fazer uma visita ao médico veterinário. Este, melhor do que ninguém, saberá as medidas que deverá adotar para que o seu patudo volte ao peso normal e, consequentemente, tenha uma boa qualidade de vida. Além disso, é importante que as visitas ao veterinário sejam regulares, para que o cão seja acompanhado durante esta fase de perda de peso, garantindo a saúde dele.

Em casa, também poderá ir controlando o peso do seu melhor amigo. Primeiro, o tutor deve pesar-se sozinho. Depois, pegue o patudo ao colo e pese-se com ele. A diferença de valor será o peso do seu cão. Se for um cão de porte grande, que não seja possível pegar ao colo, o ideal será mesmo recorrer às balanças da clínica veterinária.

FATORES QUE PODEM LEVAR À OBESIDADE

Há determinadas raças de cães que têm maior tendência a ter excesso peso, quando comparadas com outras. Mas, além disso, há outros fatores que podem contribuir para o excesso de peso no cão, como é o caso da má alimentação e do sedentarismo.

Cada cão tem as suas características e é essencial que adapte a nutrição ao seu patudo. Evite alimentos de consumo humano e outras guloseimas que, mesmo sendo adequadas a cães, tenham elevado teor de gordura. Além disso, a falta de atividade física é outro fator muito importante, que pode levar à obesidade. A esterilização também pode contribui para o excesso de peso, dado que pode tornar o cão mais sedentário.

RAÇÃO PARA CÃO COM EXCESSO DE PESO

PICART SELECT SUPER PREMIUM LIGHT

Esta ração da Picart segue a dieta mediterrânea e tem elevado teor de frango de alta qualidade, que lhe dá um ótimo sabor. Um alimento com baixo teor em gordura e alto teor de fibra. Desta forma, contribui para a sensação de saciedade e para um bom trânsito intestinal. Além disso, é de fácil digestão e contribui para músculos e articulações saudáveis, bem como para a saúde da pele e do pelo.

ROYAL CANIN LIGHT WEIGHT CARE MEDIUM ADULT

A Royal Canin tem uma vasta gama de ração para cães com as mais diversas sensibilidades. A Light Weight Care é uma ração específica para a manutenção do peso e está disponível para cães de porte mini, médio e maxi. Tem elevado teor proteico, para manter a massa muscular, e baixo teor de gordura. Além de contribuir para um peso ideal, este alimento promove a saúde articular. A combinação de fibras solúveis e insolúveis dá ao cão a sensação de saciedade.

OPTI LIFE STERILISED/LIGHT ADULT MEDIUM/MAXI

Este alimento da Versele-Laga Opti Life é adequado a cães com mais de 10kg. Tem elevado teor de fibra, para ajudar no controlo do peso, e 80% das proteínas são de origem animal, em combinação com arroz, para garantir uma ótima digestão. Não contém trigo nem milho, o que ajuda a minimizar o risco de intolerâncias alimentares. Além de ajudar o cão a atingir um peso ideal, graças também à L-carnitina, favorece a saúde do coração.

PRO PLAN OPTIWEIGHT LIGHT/STERILISED

Optiweight da Pro Plan é uma fórmula exclusiva para ajudar os cães a manter um peso adequado. Contém elevados níveis de proteína, carboidratos complexos e fibra adequada. Ajuda a que o cão se sinta saciado, além de contribuir para a saúde das articulações e também para a redução do stress cardíaco. Os ingredientes são de fácil digestão.

PROMOVER O BEM ESTAR GERAL DO PATUDO

Estas são apenas algumas sugestões de alimentação light, que ajudará o seu patudo a perder algum peso. Mas, antes de alterar a dieta do seu melhor amigo, consulte o médico veterinário, pois cada cão tem as suas características.

O ideal é aliar uma boa alimentação, à pratica de exercício físico. Façam longas caminhadas e deixe o seu patudo correr num sítio seguro. Caso não tenha espaço suficiente em casa, leve-o a um parque canino, ou a outro local onde ele possa correr livremente, sempre em segurança. Uma dieta equilibrada e passeios frequentes contribuirão, certamente, para a felicidade e bem estar geral do seu melhor amigo!

Comentários

Deixe o seu comentário