Como cortar as unhas a um gato

09 Set, 2019

Cortar as unhas ao gato pode ser uma tarefa bastante stressante, tanto para o gato, como para o tutor. O ideal é que habitue o seu gato a que lhe cortem as unhas tão cedo quanto possível. Até porque é algo que terá de fazer frequentemente e cortar as unhas a um gato ansioso pode correr mal. O gato deve estar tranquilo, para que não haja perigo de cortar uma veia, e também para que o tutor não termine esta tarefa cheio de arranhões e mordidas do felino.

Deve verificar as unhas do seu gato com regularidade, para saber quando está na altura de apará-las, pois depende sempre de cada animal. Habitualmente, devem ser cortadas a cada duas a três semanas, para evitar que elas se partam, ou que ele estrague os sofás. É sempre aconselhável que tenha um arranhador para o seu gato. Não só para evitar sofás e outros objetos estragados, como também para o desgaste natural das unhas do gato, que é essencial. Arranhar faz parte do instinto do felino, sendo essencial para o bem-estar geral dele.

Habituar o gato ao toque e ao corta-unhas

Em primeiro lugar, deve comprar um corta-unhas próprio para gatos. Utilizar outro tipo de utensílio poderá ser prejudicial para o gato. Deve habituá-lo desde muito cedo a que lhe toquem e agarrem nas patas e, posteriormente, ao contacto com a ferramenta de corte.

O seu felino deve estar num lugar agradável e tranquilo para ele. Comece por colocá-lo no seu colo, na posição em que o colocaria para realizar a tarefa de corte das unhas. Aos poucos, vá-lhe tocando nas patas, pressionando-as. Ou seja, simule essa tarefa, sem a fazer realmente. Faça isso aos poucos e, se ele ficar tranquilo e não tentar fugir, recompense-o.

Passada essa fase de habituação ao toque com as mãos, habitue-o ao utensílio de corte, próprio para felinos. Mantenha-o nessa posição, com esse utensílio junto das patas dele. Quando chegar a altura de cortar as unhas será mais fácil, pois ele já estará habituado à ferramenta de corte. O que também poderá ajudar é aquecer o corta-unhas com as mãos, para que ele não sinta tanto o frio do metal.

De notar que não é o tutor que escolhe quando cortar as unhas ao seu animal de estimação: o gato é um animal muito independente e que gosta de fazer as coisas quando ele quer, por isso, é ele que escolhe o momento certo para esta tarefa. Deverá fazê-lo apenas quando o felino estiver tranquilo, por exemplo, depois de uma refeição, altura em que fica mais sonolento. Não tente fazê-lo quando ele estiver com fome ou cheio de vontade de brincar.

Saber onde cortar a unha do gato

Deve ter muito cuidado nesta tarefa, para que não lhe cause nenhuma ferida. É também por isso que é tão importante que ele esteja tranquilo durante esse processo.

Coloque o gato no seu colo, numa posição que seja confortável para ele e prática para si (conforme treinou anteriormente). Segure o corta-unhas com uma mão e a patinha com a outra. Pressione o dedo, para que a unha sobressaia. Para ver bem onde fazer o corte, sem apanhar nenhuma veia, o ideal é estar em contraluz - o limite é a zona rosada. Na dúvida, deve sempre cortar o mínimo possível.

Como posicionar o corta unhas

Se não conseguir ver a zona rosada, deve consultar um veterinário, para que ele corte as unhas ao seu gato em segurança. Será aconselhado procurar ajuda para esta tarefa em especial se o seu felino tiver as unhas muito escuras, ou algum outro problema.

Se acontecer causar alguma ferida no seu animal de estimação durante este processo, tente acalmá-lo e faça pressão com algodão ou com uma compressa com água oxigenada na zona da ferida, até que pare de deitar sangue. Se não parar, consulte o veterinário.

Não cortar todas as unhas de uma só vez

Os felinos têm 18 unhas: cinco em cada pata da frente e quatro em cada pata de trás. Ora, cortar 18 unhas será sempre um processo demorado e exige que mantenha o gato quieto durante todo esse tempo. O que não será fácil, em especial se for um gato cheio de energia. E caso o faça e o deixe ansioso ele irá sempre associar esta tarefa a algo negativo, o que tornará a tarefa de cortar as unhas ainda mais difícil.

Por isso, o ideal será cortar uma unha de cada vez. Se ele se portar bem, recompense-o e verá que, desta forma, aos poucos, irá conseguir realizar esta tarefa sem que esse seja um momento de muito stress. Poderá cortar uma unha por dia, ou ir aumentando o número de unhas a cortar por dia, caso ele esteja tranquilo e deixe que o faça.

Comentários

Deixe o seu comentário