Como cuidar do pelo dos cães?

Ana Camponês 04 Mar, 2020

Cuidar do pelo do seu cão vai muito além de uma questão de beleza. Ao cuidar corretamente do pelo do seu melhor amigo está a proporcionar-lhe, acima de tudo, saúde. Quer o seu cão seja de pelo longo, curto, macio ou áspero, há cuidados que são essenciais. Cada patudo tem as suas características e é muito importante saber cuidar corretamente do pelo do seu melhor amigo.

Nem só os cuidados de higiene têm influência na saúde do pelo dos cães: a alimentação é tão, ou mais, importante. Por exemplo, caso o seu cão tenha alguma sensibilidade de pele, pode ser devido a algum ingrediente ao qual ele é intolerante. E um problema de pele irá ter impacto no aspeto do pelo. Além de alergias, também a falta de determinados alimentos pode ser uma causa para um pelo em mau estado. Caso desconfie que esse possa ser um problema, consulte o médico veterinário, pois, se se confirmar, este poderá aconselhar algum tipo de suplemento ao patudo. A água é igualmente muito importante: manter-se hidratado ajudará ao bom aspeto do pelo.

Além dos cuidados que envolvem banhos, tosquias e escovagens regulares e adequadas, é importante não esquecer o antiparasitário externo. Ao prevenir que os parasitas externos se alojem na pele do seu melhor amigo, está a cuidar da saúde dele a todos os níveis.

QUANDO DAR BANHO AOS CÃES

Os cães não precisam de banhos frequentes. Em situações normais, ou seja, quando não estão expostos a ambientes de grande sujidade, três banhos por ano serão suficientes para manter uma higiene adequada. Dar banho aos cães demasiadas vezes pode ter efeitos nocivos, dado que pode remover os óleos naturais presentes na pele deles. No entanto, por questões de saúde ou mesmo por exposição a maior sujidade, o banho é essencial. A necessidade de banhos depende sempre do estilo de vida de cada animal.  Pode, no entanto, adotar outros métodos de higiene, entre os banhos. Lavar as patas depois dos passeios na rua, limpar o pelo com toalhetes, usar desodorizante ou perfume adequado às características do seu melhor amigo, são ótimas formas de manter o pelo do patudo limpo, com cheiro agradável e e com aspeto saudável.

Para dar banho ao seu melhor amigo, deve usar produtos adequados às suas características. Existem champôs e condicionadores específicos para cada tipo de pelo e pele e deve ter essa atenção no momento de escolher os produtos de higiene. Depois do banho, deve remover o excesso de água com uma toalha adequada e, depois, secar o pelo com um secador. Tenha atenção à temperatura do secador e mantenha uma distância mínima de 10cm. Depois, escove o pelo com uma escova ou pente adequado ao pelo e à pele do animal.

COMO E QUANDO ESCOVAR OS CÃES

A forma como devemos escovar os cães varia consoante o tipo de pelo dele. Além disso, é essencial ter em conta se o cão tem sensibilidade de pele e usar produtos adequados, que não sejam demasiado agressivos. Os cães de pelo curto não necessitam de ser escovados com tanta frequência, quando comparamos com cães de pelo longo. Mas todos precisam de cuidados e é essencial usar os produtos corretos para cada patudo.

CÃES DE PELO CURTO

É necessário ter algum cuidado ao escovar os cães de pelo curto, para não correr risco de agredir a pele. Ao cuidar do pelo do seu melhor amigo, está igualmente a cuidar da pele, por isso, é muito importante usar produtos adequados, suaves para a pele e para o pelo. Nestes cães nunca devemos usar, por exemplo cardadeiras: é um produto demasiado agressivo para eles, dado que os dentes metálicos podem ferir a pele do animal. O mais indicado será usar uma luva para soltar o pelo morto e, de seguida, removê-lo com uma escova suave adequada. Desta forma, o pelo do seu melhor amigo estará limpo e brilhante.

CÃES DE PELO MÉDIO

Com pelo médio podem já formar-se alguns nós emaranhados. Em primeiro lugar, deve removê-los com um utensílio adequado e, de seguida, deve escovar o cão normalmente com uma escova ou pente de metal. Nunca recorra a uma tesoura para cortar os nós, pois, sem querer, pode ferir a pele do seu melhor amigo. Se necessário, recorra à ajuda de um profissional.

CÃES DE PELO LONGO

Os cães de pelo longo necessitam de maior atenção quando falamos em cuidados de pelo, de modo a evitar nós. Por isso, é essencial que os cuidados com o pelo sejam diários. Deve começar por usar um pente ou escova metálica para desemaranhar os nós, tendo especial atenção nas zonas do dorso, cauda e patas. Se o cão tiver demasiados nós no pelo, deve procurar ajuda de um profissional, para não haver risco de magoar o patudo. Após remover os emaranhados, deve escovar o pelo para a frente e para trás, dando-lhe mais brilho.

CÃES DE PELO ENCARACOLADO

Estes patudos necessitam de cuidados redobrados. Para eles, recomendamos que consulte um profissional, de modo a manter o pelo dele sempre limpo e com aspeto saudável. O pelo está em constante crescimento e mantê-lo curto facilita a escovagem regular. Por esse motivo, banhos e cortes frequentes são muito importantes. Um profissional avaliará o pelo do seu melhor amigo e deixará as melhores recomendações.

Comentários

Deixe o seu comentário