Como é que os peixes dormem?

Alexandre Faustino 13 Ago, 2019

Se os peixes não têm pálpebras, como será que dormem? De facto, os peixes parecem estar em constante atividade. Seja a nadar de um lado para o outro, ou apenas a flutuar num local, sem grande movimento. E nunca fecham os olhos. Mas sim, os peixes também dormem.

Quando pensamos em dormir, a imagem que nos surge mentalmente é de alguém de olhos fechados, deitado, a descansar. Enquanto seres humanos, nunca ficamos completamente inconscientes, pois, caso contrário, não acordaríamos quando uma criança chora, por exemplo. Com os peixes que temos nos nossos aquários, acontece, mais ou menos, a mesma coisa: eles descansam, sim, mas continuam alerta.

O que acontece quando os peixes dormem?

O facto de não fecharem os olhos deve-se apenas ao facto de não terem pálpebras. E, mesmo a dormir, não deixam de estar em atividade: as guelras continuam em movimento, até porque são o órgão respiratório do peixe, ou seja, não podem mesmo parar. Existe, sim, uma redução do movimento das barbatanas, assim como do metabolismo, tal como acontece com humanos e outros seres vivos, em período de descanso.

O motivo que leva os peixes a dormir é igual ao dos humanos e outros seres vivos. Os peixes dormem para descansar e repor energias. O movimento torna-se mais lento, assim como o batimento cardíaco, para conservar energia. No entanto, mesmo a dormir, o peixe está sempre alerta. Isto deve-se ao instinto natural deles: estão sempre prontos para qualquer adversidade, como um ataque de predadores, por exemplo, quando vivem no mar.

Para saber que o seu peixe está a dormir no aquário, há vários sinais aos quais pode estar atento. Nessa altura de descanso, o peixe fica quase imóvel, apenas a flutuar, tem menor reação à atividade exterior ao aquário e também os movimentos da boca são menos frequentes. Além disso, existe uma rotina, ou seja, pode observar esses comportamentos sempre dentro dos mesmos horários.

Habitualmente, para dormir, o peixe permanece mais perto do fundo do aquário. Tanto pode adormecer num local amplo, como pode ter tendência a esconder-se junto dos recifes de coral. Isto deve-se ao instinto natural dos peixes: nos recifes de coral, eles protegem-se de possíveis predadores. Algumas espécies de peixes podem ainda escavar a areia do solo e dormir nesse espaço.

Deve evitar perturbar os peixes quando eles aparentam estar a dormir, pois isso poderá assustá-los e causar-lhes alguma ansiedade.

Quando é que os peixes descansam?

De modo geral, os peixes estão ativos durante o dia e dormem à noite. A luz do espaço onde está o aquário influencia o sono destes animais. Habitualmente, os peixes dormem quando as luzes estão apagadas. Portanto será sempre benéfico ter o aquário num espaço que, a determinada altura do dia, e durante várias horas, esteja escuro, para que os seus animais de estimação que vivem dentro do aquário possam descansar e repor energias.

Isto deve-se, mais uma vez, ao instinto natural dos peixes. Eles veem melhor durante o dia e precisam de ver o alimento no aquário para comer. Uma vez que no escuro não veem tão bem, é nessa altura que descansam. Se colocar comida no aquário durante o sono do peixe, pode acontecer ele não notar tão rapidamente, quanto notaria se estivesse em atividade normal. A menos que, nesse instante, desperte com algum som ou toque.

Pode, no entanto, ter uma luz menos intensa, de tonalidade azul, que irá imitar a luz da lua e não será tão perturbadora quanto uma luz normal, e permite que, mesmo durante a noite, possa ser observada a atividade dentro do aquário.

No mar, a altura em que os peixes dorme é influenciada pela espécie de cada um e também pelo ambiente onde habita. Um peixe que esteja junto de recifes de corais, por exemplo, está mais ativo durante o dia, para evitar predadores. Há espécies que evitam dormir em determinadas fases da vida, por exemplo, quando têm crias, para cuidar delas, ou em altura de migração.

Posto isto, é essencial que proporcione condições de descanso adequadas ao seu peixe de estimação. Ter um ambiente mais escuro durante várias horas, preferencialmente em silêncio e sem grande movimento no exterior, e em horários semelhantes, criando, assim, uma rotina; ter vários elementos decorativos no interior do aquário, como plantas e recifes de coral, que permitam que ele se possa esconder para dormir; alimentar os peixes durante o período de atividade, em vez de o fazer quando eles estão a descansar. Assim, certamente terá um peixe mais feliz, equilibrado e mentalmente saudável - porque também os peixes podem sofrer de perturbações causadas por falta de descanso.

Comentários

Deixe o seu comentário