Como distinguir o sexo do Porquinho-da-Índia?

Alexandre Faustino 11 Jul, 2019

Distinguir o sexo do porquinho-da-Índia é muito importante, principalmente quando tem em casa mais do que um animal e não pretende que eles reproduzam. Quando ainda são recém-nascidos é mais difícil fazer essa distinção. São precisos bastantes cuidados pois, como qualquer recém-nascido, são animais bastante frágeis. Além disso, este processo de examinação poderá deixar o animal bastante ansioso, pois é preciso tirá-lo de perto da mãe, e se o cheiro humano ficar no corpo dele, a mãe poderá rejeitá-lo. Por tudo isso é preciso ter alguns cuidados quando quiser identificar o sexo do seu animal de estimação.

Cuidados a ter

Deve ter em conta que este processo só deve ser feito a partir das três semanas de idade. Ao serem tocados por humanos, os porquinhos-da-Índia recém-nascidos podem ser rejeitados pela mãe, devido ao cheiro que fica no corpo deles, ou podem ficar ansiosos por estarem longe dela. Além disso, a posição em que têm de ser colocados durante este processo não é confortável para eles e a temperatura corporal destes animais arrefece muito rapidamente. Por tudo isso, deve ser um processo feito rapidamente.

Para sua segurança, bem como para a do seu porquinho-da-Índia, é importante que use luvas neste processo de examinação. As luvas irão evitar que o seu cheiro fique no corpo do animal e também previnem a transmissão de possíveis doenças que ele possa ter. É igualmente importante que este processo seja feito no chão, de modo a que, caso o Porquinho-da-Índia se solte e caia, não fique com ferimentos.

Para conseguir ver o órgão genital, deve segurá-lo de barriga para cima, de forma firme mas delicada, para não assustá-lo. O porquinho-da-Índia não gostam de estar nesta posição - sente-se preso por um predador, sem conseguir fugir. Como consequência, poderá guinchar e tentar lutar, para se defender, o que poderá ser perigoso, tanto para si como para o seu animal de estimação.

Como distinguir?

Machos

Num porquinho-da-Índia macho, o espaço entre o pénis e o ânus tem entre cinco e oito centímetros. Se pressionar a parte superior do órgão genital, o pénis ficará visível. No entanto, uma vez que se trata de um recém-nascido, isso poderão não acontecer. O que também poderá ajudá-lo a identificar o género do Porquinho-da-Índia é o formato do órgão genital, que é idêntico à letra "i".

Fêmeas

No caso das fêmeas, o espaço entre a vulva e o ânus é reduzido. A zona genital é ligeiramente inchada e o órgão genital é em forma de "Y".

Quais as características de um porquinho-da-Índia macho e de uma fêmea?

Agora que já sabe como distinguir o sexo de um porquinho-da-Índia, poderá querer saber quais são as características de cada género. Se o seu objetivo é fazer criação, o ideal será começar por adotar um macho e, posteriormente, procurar uma fêmea. A reprodução destes animais deverá ocorrer, idealmente, entre os quatro e os seis meses de vida da fêmea. No caso dos machos, não existem tantas restrições para acasalamento.

De modo geral, os porquinhos-da-Índia machos são menos tímidos do que as fêmeas. Poderá ter maior facilidade na socialização com um macho, pois estes são mais extrovertidos e curiosos logo desde o primeiro dia, num novo espaço. As fêmeas precisarão de mais tempo para criar uma ligação com as pessoas.

Por outro lado, os machos poderão ser mais agressivos do que as fêmeas, em especial quando se trata de marcação de território, pelo que deverá ter alguns cuidados ao acolher um segundo porquinho-da-Índia. Se quiser ter mais do que um porquinho-da-Índia, e não pretende reprodução, o ideal é que sejam ambas fêmeas. E isso será também benéfico para elas, uma vez que as fêmeas não gostam de estar sozinhas na gaiola. E, neste caso, não é imprescindível que estejam juntas logo desde o nascimento, como acontece com os machos, para evitar rivalidades. Outra qualidade das fêmeas é que elas mantêm o espaço mais limpo do que, habitualmente, os machos.

Comentários

Deixe o seu comentário